El Spa

Just another WordPress.com weblog

Artigo Semanal: “A mania de emagrecer!”

Na ânsia de conquistar um corpo “perfeito”, cada vez mais raparigas investem em dietas mirabolantes, que colocam em risco a própria saúde e podem levar a distúrbios graves, como a bulimia e a anorexia.

Basta ligarmos a televisão ou folhearmos as páginas de uma revista para nos depararmos com mulheres exuberantes, com uma silhueta esbelta e roupas coladas ao corpo. Se a ditadura da moda costuma incomodar até mulheres maduras e bem resolvidas, imagine o que ela pode fazer na mente de uma adolescente, cujo maior desejo é o de ser bonita e o de despertar o interesse do sexo oposto. Ao se deparar com o espelho, que denuncia sem piedade os quilinhos a mais e os contornos arredondados do corpo, ela promete fazer tudo – sem medir esforços – para conquistar o corpinho de sereia tão almejado. “Devido ao massacre dos media por um padrão de beleza totalmente inatingível, cada vez mais jovens procuram um ideal de peso totalmente absurdo. Infelizmente, esse massacre muitas vezes começa dentro de casa. Os próprios pais projectam nos filhos seus anseios e frustrações”, avisa a endocrinologista Zuleika Halpern.

É aqui que entram em cena as dietas mirabolantes que são as defensoras de uma mudança radical e que desequilibram a alimentação. “Na vontade desenfreada de emagrecer, a adolescente passa a ingerir quantidades menores de alimentos importantes para o seu desenvolvimento, o que leva a uma baixa da resistência orgânica e ao surgimento de gripes, infecções e até de doenças graves, como a pneumonia”, alerta o endocrinologista e psiquiatra Sidney Chioro.

Além de problemas relacionados à saúde, manter uma dieta muito restritiva acaba afectando a aparência também. E nem sempre essa mudança é para melhor. “Pelo facto de se alimentar de modo errado, a jovem muitas vezes fica abatida. A pele vai ficando feia, com aspecto seco e o cabelo fica quebradiço, sem vida, sem brilho. A dieta, na verdade, não a deixa com aparência de magra, mas de uma pessoa doente”, complementa o médico.

“É verdade que qualquer mudança alimentar, que restringe a quantidade de alimentos, faz emagrecer”, conta Mónica Beyruti. Ela atende cada vez mais jovens que procuram a fórmula secreta para o emagrecimento. “Muitas já fizeram algum tipo de dieta e conseguiram emagrecer, mas como nenhuma dieta dura para sempre, elas não conseguem manter o peso conquistado ao término da dieta”, conclui.
Muitas jovens, no entanto, se tornam obcecadas pelo emagrecimento e fazem disso um  modo de vida. “Elas não percebem que em pouco tempo se apavoram com comida e com a possibilidade de engordar novamente. Sem perceberem as consequências da falta de nutrientes alimentares no seu organismo e na sua aparência, comem cada vez menos e podem desenvolver um problema sério, chamado anorexia nervosa”, explica o Dr. Sidney Chioro.

Anorexia nervosa e bulimia

Pesquisas apontam que 90% dos casos de anorexia nervosa e 50% dos casos de bulimia começam na adolescência. E mais: cerca de 90% dos pacientes que sofrem de anorexia são mulheres. Os dados são preocupantes, pois, mesmo com tratamento médico, a doença é fatal entre 10% a 15% dos casos.

Ainda não se sabe ao certo o que leva uma pessoa a desenvolver esses problemas. Mas o pedido dos outros e de si própria com relação ao seu corpo é um dos factores desencadeantes. “Pesquisas também apontam, além do lado emocional, uma predisposição genética para esses distúrbios. É bom a mãe ficar atenta quando a adolescente, mesmo magra, se julga acima do peso e passa a viver obcecada por dietas”, diz Mónica Beyruti. A Dra. Zuleika Halpern concorda. “Essas doenças têm origem multifactorial, isto é, sofrem influências biológicas, psicológicas e sociais. Os pais devem estar atentos ao comportamento dos filhos, uma vez que a adolescência é um período complicado, de muito sofrimento e angústia. Qualquer reacção estranha deve ser levada em conta, pois quanto mais cedo o tratamento for iniciado, melhor será a chance de cura”.

Em geral, as raparigas passam a fazer jejuns por longos períodos, utilizam diuréticos e laxantes e até começam a fumar por acreditarem que o fumo emagrece.

As consequências são logo notadas: fraqueza, irritabilidade, desmaios e problemas estomacais, como gastrite e úlcera – os sintomas mais comuns. “As raparigas que têm propensão a desenvolver anorexia nervosa, super estimam o que comem. Uma folha de alface, na cabecinha delas, é equivalente a um prato”, conta Mónica Beyruti.
Se a anorexia leva à alimentação deficiente e diminuta, a bulimia (palavra derivada do grego que quer dizer fome de boi) consiste em períodos de controlo e descontrolo. O Dr. Sidney Chioro explica: “uma pessoa que sofre de bulimia faz uma alimentação normal e controlada durante alguns dias, depois come alucinadamente, volta ao normal, e assim sucessivamente. Alguns exageram nas actividades físicas, outras tomam laxantes e depurativos e outras, ainda, provocam o vómito para se livrarem da dose de exagero ingerida”.

“Há também que lembrar que isto não acontecem apenas em raparigas, muitos rapazes que buscam o tal ideal de beleza, também são diagnosticados, com anorexia e bulimia” diz, Marcelo Barros, Personal Trainer.

Em ambos os casos, o acompanhamento de um psiquiatra, de um endocrinologista e de um nutricionista é fundamental para que a jovem supere os problemas. A terapia muitas vezes é indicada para os pais também.

Para quem deseja emagrecer, vale mais uma vez lembrar que a beleza implica saúde e bem-estar. A reeducação alimentar orientada por nutricionistas ou por programas monitorizados por especialistas, que propõe o emagrecimento através do controle do impulso de comer, da retenção intestinal e da resistência ao emagrecimento, são as maneiras de manter a silhueta bonita e a mente sã.

Sempre!

No comments yet»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: